Menu

ITAIPU E PREFEITURA FIRMAM PARCERIA PARA REVITALIZAÇÃO DA VIL C Destaque

 

Através dos programas Cultivando Água Boa e Cidades Sustentáveis, a Itaipu Binacional reuniu ontem (21), no Refúgio Biológico Bela Vista, prefeitos e prefeitas eleitos e reeleitos da região Oeste do Paraná para discutir sobre sustentabilidade como um desafio para os próximos anos.

Durante o evento, dentro de todo um cronograma de ações pré-estabelecidas, a revitalização de toda a Vila C de Foz do Iguaçu foi destaque. O bairro entra para a lista da Binacional como marco do projeto. 

A intenção é trabalhar o saneamento básico, infraestrutura, paisagismo, e a revitalização do córrego Brasília, já começado em anos anteriores, mas que foi deixado de lado pelas administrações públicas.

Num prazo de 30 dias, Itaipu e Município devem começar um levantamento de toda área, para mapear as principais atividades que deverão ser implementadas na recuperação ambiental do córrego, transformando o espaço em uma área nova de lazer.

“Foi uma honra receber prefeitos e prefeitas da região que mantém parcerias com a Itaipu em busca do crescimento sustentável. E uma honra ainda maior foi fortalecer a parceria da prefeitura com a Itaipu para a revitalização da Vila C, principalmente do Córrego Brasília”, ressaltou a prefeita.

Cidades Sustentáveis

O programa Cidades Sustentáveis já atingiu a marca de 39 municípios do Paraná, um grande avanço para os responsáveis que idealizaram a implementação do programa pelo Oeste Paranaense, chegando aos municípios da região da Bacia do Paraná 3. Cultivando Água Boa comemora 13 anos de história, saltando de 16 para 29 municípios atendidos com a preocupação de cuidar da água, de lençóis freáticos e da preservação do meio ambiente num todo.

Para o diretor geral brasileiro da Itaipu, Jorge Samek, encontros como este que reúnem prefeitos de todo Oeste só fortalece as parcerias na região. 

“Temos que encontrar sempre um entendimento entre municípios e buscar o crescimento juntos. O desafio é desenvolver preservando o meio ambiente. Que cada gestor cumpra esse desafio”, enfatizou. (AMN).

 

voltar ao topo