Menu

POLICIAIS MILITARES RECUPERAM MOTOS ROUBADAS

 

Policiais Militares do grupamento Tático do 14º BPM,  com o apoio de Policiais do serviço reservado P2, realizaram no começo da noite desta segunda-feira, a recuperação de uma motocicleta roubada na região do Parque Morumbi momentos antes.

Segundo informações repassadas pelos policiais, a situação aconteceu quando uma pessoa percebeu a motocicleta com o alarme disparado entrando para os fundos de uma residência na rua Otavio Portes.

Quando os policiais realizaram a abordagem à casa,  não encontraram ninguém,  além da moto roubada, a polícia localizou duas motocicletas ainda com motor quente e também fizeram apreensão de um revólver calibre 38 com várias munições intactas.

As motos foram encaminhadas para a delegacia de Polícia Civil para serem devolvidas aos legítimos proprietários.

A identificação do morador da residência foi realizada durante a operação e o mesmo também foi apresentado a autoridade policial.

 

Leia mais ...

PASSAGEIRA DE ÔNIBUS É PRESA COM QUASE 20KG DE MACONHA EM SUA BAGAGEM

 

Agentes da PRF, ao abordarem um ônibus de passageiros, conseguiram apreender quase 20 kg de maconha dentro de bagagem de passageira. Presa, ela disse que levaria a droga de Foz para Belo Horizonte (MG).

No início da madrugada de segunda-feira (22), por volta de 01h30, na altura do km 451 da BR-277, em Laranjeiras do Sul, Agentes da PRF deram ordem de parada a um ônibus de passageiros que fazia a linha Foz do Iguaçu - Curitiba.

Durante a vistoria, no bagageiro foi localizada uma bagagem recheada com 35 tabletes de maconha. De posse do tíquete da bagagem, os policiais rodoviários federais chegaram até uma passageira, de 21 anos, desempregada, moradora de Belo Horizonte, que assumiu ser a proprietária da droga. Ela disse aos policiais que adquiriu a droga em Foz e a entregaria em Belo Horizonte.

Após a pesagem, a droga totalizou 19,7 quilos e, diante dos fatos, a passageira foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e encaminhada à Polícia Civil para registro da ocorrência. Se condenada, poderá pegar uma pena de até 15 anos de prisão.

 

Leia mais ...
Assinar este feed RSS